noComentários

O que é um sistema ERP e como funciona?

Conheça o ERP, sistema que tem alavancado os negócios de muitas empresas com funcionalidades que simplificam a gestão empresarial 

Com um consumidor e um mercado cada vez mais criteriosos, a falta de atenção a diversas áreas de um negócio pode definir seu sucesso ou fracasso.

Nesse contexto, a tecnologia tem se destacado como uma aliada de empreendedores para automatizar e integrar processos, liberando tempo para que eles consigam focar em questões mais estratégicas.

Entre as ferramentas que surgiram  para suprir essas demandas e oferecer respostas práticas para os negócios, um ótimo exemplo é o do sistema ERP. Além de simplificar processos, esse tipo de plataforma possibilita uma gestão mais eficiente e assertiva.

Por isso, vamos apresentar aquele que pode ser um grande aliado na otimização dos seus negócios.

Afinal, o que é um sistema ERP?

ERP significa Enterprise Resource Planning (no português, Planejamento de Recursos Empresiariais.Logo, um sistema ERP trata-se de um software feito para integrar e gerenciar as principais operações e processos  de uma empresa em um único lugar.

 Esse tipo de plataforma automatiza rotinas de áreas como financeiras, cobranças, fiscal, estoque e vendas. O principal objetivo é que as empresas possam eliminar atividades manuais e, dessa forma, diminuir erros, aumentar a produtividade e liberar tempo para pensar estrategicamente no negócio.

Apesar de estar ganhando popularidade nos últimos anos, o conceito de ERP surgiu nos anos 90, quando as empresas começaram a perceber a necessidade de integrar diferentes sistemas de informação para melhorar a eficiência e a comunicação entre departamentos.

Como o sistema funciona?

Como adiantamos, o funcionamento de um sistema ERP se baseia na integração de informações e processos de negócios em um único banco de dados central.Isso permite que todas as áreas da empresa acessem e compartilhem essas informações em tempo real.

Um exemplo mais objetivo é que quando uma venda é feita, o sistema ERP atualiza automaticamente o estoque, registra a transação no financeiro e emite nota fiscal e uma cobrança para o cliente.

Sem precisar fazer isso de forma manual, imagine quantos departamentos e pessoas são liberados para desempenhar outras funções dentro da empresa.?

Além de eliminar a necessidade de digitar dados em vários sistemas, um ERP oferece acesso fácil e rápido a informações do seu negócio, fornecendo dados para que você possa tomar decisões importantes baseadas na realidade e não em achismos.

Quais as vantagens em implementá-lo?

São várias as vantagens de utilizar um sistema ERP. No dia a dia, ele acaba tornando a  gestão empresarial mais produtiva, ágil e assertiva. Algumas das principais vantagens que podemos mencionar incluem:

  • Melhoria da eficiência operacional: ao automatizar processos e eliminar tarefas manuais, o ERP permite que as empresas operem de forma mais eficiente e produtiva.
  • Tomada de decisões mais informadas: com acesso a dados em tempo real, os gestores podem tomar decisões mais embasadas e estratégicas.
  • Redução de custos: a automação de processos e a integração automática de setores ajudam a reduzir desperdícios e custos operacionais desnecessários.
  • Aumento da colaboração e comunicação: ao integrar informações de diferentes departamentos, o ERP possibilita uma comunicação e colaboração mais constante entre diferentes equipes.
  • Maior controle e visibilidade: o sistema fornece uma visão abrangente de todas as operações da empresa, permitindo um melhor controle e monitoramento.
  • Rrealiza muitas outras atividades com dinamismo e eficácia.

Como escolher um sistema ERP?

Antes de escolher um sistema de gestão empresarial, é preciso entender quais funcionalidades são indispensáveis para o seu negócio. 

Com essa informação, o próximo passo é pesquisar as opções disponíveis no mercado, levando em conta também questões como: 

Quais as necessidades da sua empresa?

Como falamos acima, primeiramente você deve identificar quais funcionalidades são essenciais para atender às demandas do seu negócio. Pense no seu segmento de atuação e nos processos que você precisa tocar no dia a dia para criar uma lista com aquilo que não pode faltar em um sistema ERP para a sua empresa.

Suporte

Implantar e usar um ERP na sua empresa vai exigir um treinamento, para que você consiga entender como ele funciona e tirar o máximo dessa ferramenta. Por isso, certifique-se de que o fornecedor escolhido irá prestar o suporte necessário durante esse processo.

Escalabilidade

Tenha certeza de que o ERP escolhido poderá acompanhar o crescimento do seu negócio e suportar um aumento no volume de transações e usuários com o passar do tempo, para que não haja a necessidade de trocar de sistema no meio da evolução.

Compatibilidade

Se sua empresa já utiliza outros softwares, é essencial saber se o sistema será compatível e poderá ser integrado facilmente a eles.

Facilidade de uso

Escolha um sistema intuitivo e fácil de usar, pois isso é o que fará a adoção por parte da equipe ser mais rápida, além de reduzir a necessidade de treinamentos extensivos.

Reputação do fornecedor

Procure por fornecedores confiáveis com uma boa reputação no mercado e que ofereçam suporte técnico adequado após a implementação do sistema Desse modo, também estará assegurando que, se houver imprevistos problemas, eles serão resolvidos prontamente.

No geral, sistemas desse tipo são ferramentas valiosas que podem revolucionar de verdade a gestão do seu negócio. Com as vantagens oferecidas por um ERP, as empresas estão mais bem equipadas para o cenário geral e atualizadas a longo prazo.

Responder

um + 15 =

3 + 2 =