noComentários

Massa para efeitos X massa para nivelamento: conheça as diferenças

Entenda as diferenças e como as massas podem refinar a sua pintura

Saber como fazer uma pintura boa e personalizada para ambientes da sua casa é essencial para reformar ou dar um upgrade no seu lar. E para isso é importante entender as características e diferenças da massa para efeitos e massa para nivelamento.

Aqui, vamos te explicar quais são as principais características e recomendações para o uso de cada tipo de massa e como elas podem dar um efeito diferente para a pintura de paredes.

Para que serve a massa para efeitos?

A massa para efeitos é a melhor indicação para pessoas que desejam personalizar um ambiente da casa. O que não falta são tutoriais no YouTube sobre como fazer efeitos na parede, como o de cimento queimado, efeito de madeira e/ou mármore ou uma estrutura de concreto aparente.

Há diversos tipos de massas para efeitos, que permitem explorar a criatividade para fazer efeitos bem interessantes nas paredes de casa. Há uma boa diversidade de texturas disponível no mercado para escolher, o que traz bastante opções para uma decoração renovada e criativa.

Em relação às matérias-primas, as massas para efeitos possuem geralmente em suas composições componentes como água, resina à base de dispersão acrílica e, por isso, dispensam pigmentos de materiais pesados ou outras substâncias agressivas ao meio ambiente.

Para usar é bem fácil. A indicação é que a massa para efeitos seja aplicada em superfícies internas e não úmidas. Além disso, essa massa já vem pronta para ser utilizada.

Para que serve a massa para nivelamento?

A massa para nivelamento é uma massa que busca corrigir imperfeições e uniformizar a parede. Esse produto facilita bastante durante as reformas, já que consegue preparar a parede para a pintura. Dessa forma, ao usar uma massa niveladora, você consegue nivelar a parede e fazer uma pintura muito mais uniforme.

E, aqui, já falamos sobre a principal finalidade desse tipo de massa: deixar superfícies lisas e prontas para a pintura. Acho que já deu para entender que a massa para nivelamento é um item indispensável em projetos de reforma e construção.

Um dos tipos de massa para nivelamento é a massa corrida, que consegue corrigir imperfeições, preparar a parede, promovendo maior aderência a tinta e a um revestimento mais uniforme e eficaz. Isso garante uma pintura bastante profissional e uma camada de proteção contra poeira e umidade.

Também há a opção de massa niveladora acrílica, que ao contrário da massa corrida, pode ser usada também em ambientes externos e aplicada para corrigir grandes imperfeições em paredes. Além disso, a massa acrílica é uma boa alternativa para nivelar paredes de locais úmidos, como o banheiro.

E nisso existem diversos tipos de massa para nivelamento para as mais diferentes superfícies, desde paredes até superfícies de madeira, gesso, drywall, concreto, entre outras.

Quais as diferenças entre massa para efeitos e massa para nivelamento?

A primeira e principal diferença é a finalidade de uso. Como já falamos no artigo, a massa para efeitos é voltada para produzir texturas e personalizações em paredes. Já a massa para nivelamento é usada para corrigir imperfeições e preparar paredes para pintura.

Então, como podemos entender, ambas as massas são indispensáveis num projeto de construção ou reforma, já que atendem a finalidades que se complementam. Os materiais utilizados na composição também diferem e são voltados para atender a finalidades específicas.

Nas massas para nivelamento, a composição é feita com diversos tipos de madeiras, dependendo do tipo e da superfície a ser nivelada. Além disso, as massas para nivelamento agregam uma camada de proteção para a superfície da parede. Já a massa para efeitos usa materiais sustentáveis e que permitem a criação de efeitos personalizados na parede.

A dica para comprar é pensar nas suas necessidades. Então, monte o projeto da sua reforma ou construção e busque as melhores opções de massa para efeitos e para nivelamento do mercado.

Responder

2 × 5 =

63 − = 53